Vencendo o pânico

Vencendo o pânico

Sem qualquer motivo aparente, o indivíduo para. Tudo ao redor adquire um ar estranhamente ameaçador. De repente, o coração começa a bater mais rápido, é a taquicardia. As mãos ficam geladas e trêmulas. O corpo irrompe em sudorese. Vêm, então, o medo e a sensação de morte iminente. Por alguns minutos, ele experimenta desespero e confusão mental.
Situações como essa são mais comuns do que se pensa e caracterizam uma crise de pânico. Segundo pesquisas, o transtorno do pânico (TP) afeta 3,5% da população ao longo da vida. É mais comum em mulheres e ocorre, em geral, entre os 25 e os 44 anos. Além dos ataques súbitos de ansiedade, o TP é marcado pelo medo perene de uma nova crise, o que compromete a qualidade de vida de quem sofre desse mal.

Leia Mais

8 sinais de que você pode estar com depressão

8 sinais de que você pode estar com depressão

A depressão afeta 350 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), e é mais prevalente entre mulheres. No Brasil, cerca de uma em cada dez pessoas sofre com o problema. Embora seja uma doença comum, a moléstia carrega estigmas que dificultam seu diagnóstico precoce e a adesão ao tratamento adequado.

O primeiro deles está no fato de a depressão ser um transtorno mental. “Percebemos que o preconceito com as doenças mentais faz com que muitos pacientes, principalmente os homens, demorem a aceitar que têm o problema e a procurar um médico, atrasando o tratamento”, diz Rodrigo Martins Leite, psiquiatra e coordenador dos ambulatórios do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP.

Veja a matéria completa no link abaixo:
http://veja.abril.com.br/noticia/saude/8-sinais-de-que-voce-pode-estar-com-depressao

Leia Mais